Vida financeira organizada

Para que serve o curso de gestão financeira

Para as pessoas que possuem facilidade na análise e gostam de trabalhar com números, além de ser altamente organizada ter inclinação para realizar contas e criar planilhas, o curso de gestão financeira é o ideal para você. 

Através dele você será ensinado a trabalhar na organização de toda a parte de finanças de uma empresa, resolvendo possíveis problemas que possam vir a surgir. Além disso, há muitas oportunidades no mercado para esses profissionais, graças à crescente demanda de pessoas qualificadas para gerir startups que surgem diariamente. 

Portanto, se você deseja saber mais sobre o curso para se tornar um profissional ou simplesmente aprender sobre educação financeira, continue a leitura desse artigo e descubra um pouco mais a respeito da profissão.

Qual a função do Gestor Financeiro?

O gestor financeiro, como o próprio nome já diz, é responsável por cuidar e organizar toda a parte financeira da empresa. É um dos cargos mais importantes e que mais têm responsabilidades dentro da empresa, pois é através dele que é feito o planejamento financeiro, através da organização, captação de recursos e aplicação. 

Para isso, os profissionais desta área necessitam ter a capacidade de analisar os demonstrativos e créditos contábeis, além de analisar e acompanhar a manutenção do estoque da empresa juntamente com a avaliação do caixa, analisando seu fluxo. 

O gestor financeiro precisa estar sempre atualizado sobre as novidades do mercado, uma vez que mudanças podem surgir, fazendo com que se torne necessário a alteração das aplicações de investimentos ou o plano de pagamento, além de modificações em toda a área financeira que porventura possam vir a ser demandadas. 

Por fim, esse profissional deve desenvolver habilidades de comunicação e facilidade na hora de trabalhar com uma equipe, juntamente com uma boa visão de mercado e liderança.

Área de atuação do Gestor Financeiro

O gestor financeiro pode desempenhar suas atividades nos mais diversos cargos como analista, assistente, consultor ou assessor do mercado financeiro. 

Com isso, de certa forma, em alguns cargos ele será subordinado a outros profissionais, enquanto em outros cargos ele terá total autonomia para decidir de acordo com sua experiência. 

O cargo proporciona ainda a possibilidade de prestar serviços em diversas empresas, por meio de consultorias ou através do sistema financeiro delas, atuando dessa forma como um profissional autônomo.

Quais as competências necessárias ao Gestor Financeiro?

Além de todo o conhecimento técnico necessário ao exercício da profissão, o Gestor Financeiro precisa ainda de desenvolver algumas competências para realizar seu trabalho da melhor forma possível, tais quais: Organização e planejamento; Flexibilidade e adaptabilidade às mudanças organizacionais, tecnológicas e de mercado; Capacidade de avaliar riscos e tomar decisões; Iniciativa e empreendedorismo; Boa comunicação oral e escrita; Pensamento estratégico; Liderança; Raciocínio lógico, crítico e analítico; Visão global e sistêmica das organizações e do mercado em que atuam e Responsabilidade social e ética. 

Todas essas competências são essenciais para formar um bom gestor e trazer um diferencial na hora de se candidatar a uma vaga no mercado de trabalho, haja vista o grande número de profissionais existentes. 

Portanto, para aqueles que desejam se tornar grandes profissionais, além dos conhecimentos técnicos necessários, invistam também no aprimoramento de suas competências.

Como é o mercado de trabalho?

Desde uma pequena empresa até uma multinacional de grande porte, todas elas necessitam de profissionais qualificados para gerir e organizar financeiramente a instituição. Dessa forma, os profissionais que atuam na gestão financeira são essenciais para qualquer empreendimento, desde o de pequeno porte ao de grande porte. 

Cada vez mais empresas estão buscando esses profissionais para cuidar de sua área financeira ou simplesmente para prestar consultoria, uma vez que entre suas competências está a de consultor de negócios. 

Portanto, com a crescente demanda, o mercado de trabalho está cada vez mais em busca desses profissionais qualificados para fazerem parte do seu time, o que torna uma profissão com excelentes possibilidades, além da opção de trabalhar para diversas empresas de forma autônoma, portanto, trata-se de uma profissão que está em alta. 

Com isso, os profissionais se tornam responsáveis pelo crescimento e por manter estáveis as empresas para as quais presta serviços, onde em momentos de crise e estabilidade do sistema financeiro do país, o cargo de gestor financeiro se torna um dos menos afetados, haja vista a patente necessidade das empresas em manter esses profissionais para ajudá-las a superar as crises, sendo assim um cargo de grande importância e com grandes responsabilidades dentro da instituição.

Perfil de quem deseja cursar Gestão Financeira

Para aqueles que desejam entrar no curso de gestão financeira, é necessário que tenham um perfil baseado numa capacidade analítica e no raciocínio lógico, uma vez que a responsabilidade de analisar e entender o mercado financeiro e suas mudanças será exclusivamente desse profissional. 

Além disso, ter ética também é fundamental, pois ele será responsável por lidar com todo o dinheiro da empresa, avaliando os possíveis investimentos nas diferentes áreas. 

Pensar de forma estratégica e criar uma visão global do mundo financeiro é outro requisito para quem deseja ingressar na carreira, portanto, ter uma visão ampla dos negócios e saber organizá-los da maneira correta, se adaptando às mudanças corriqueiras que acontecem no mundo são um dos atributos necessários a essas pessoas, dessa forma, antes de ingressar no curso, busque expandir seus horizontes e visões de forma a entender como funcionam as estruturas corporativas como um todo, desenvolvendo habilidades analíticas e críticas.

Salário dos profissionais

Por se tratar de uma profissão que demanda grande responsabilidade por parte do profissional de gestão financeira, os salários geralmente são compatíveis com suas atribuições. 

Para os profissionais de carteira assinada, a depender da instituição que presta serviço, o salário inicial pode variar entre R$4900 a R$15000, portanto, um ótimo salário. 

No entanto, como já mencionamos anteriormente, é possível que esses profissionais prestem serviço para várias empresas, como consultores, o que pode fazer com que ele ganhe muito mais dinheiro, haja vista se tratar de um trabalho autônomo e ele definir os preços dos seus serviços.

Curso de Gestão Financeira

O curso de gestão financeira geralmente é bastante adaptativo, uma vez que acompanha todas as mudanças que ocorrem no cenário mundial. Portanto, tudo o que ocorre no Brasil e no mundo tem reflexos no curso e nas disciplinas ofertadas. 

Por se tratar de um curso tecnólogo, a duração varia de 2 a 3 anos, e pode ser feito de forma presencial ou na modalidade de ensino a distância (EaD). A grade curricular se divide da seguinte forma:

1º Semestre: durante o primeiro semestre, o aluno irá estudar as matérias de contabilidade geral, informática aplicada, matemática financeira, teorias e fundamentos da administração financeira.

2º Semestre: no segundo semestre, o aluno irá estudar as matérias de microeconomia, gestão tributária, filosofia e ética, estatística básica, elaboração de projeto técnico e científico, análises das demonstrações contábeis e financeiras.

3º Semestre: no terceiro semestre, o aluno irá estudar as matérias de macroeconomia, gestão empresarial, gestão de custos, decisões financeiras e administração de capital de giro.

4º Semestre: no quarto semestre, o aluno irá estudar as matérias de mercado de capitais, empreendedorismo, economia aplicada às finanças, avaliação de empresas, simulação empresarial, orçamento empresarial, gestão de análises de risco, gestão de projetos e decisões financeiras e algumas cadeiras optativas que o curso oferece.